Diz que não disse, escreveu e apagou

EU

  • Tem 6 membros
  • 1174 tweets apagados

This may be an incomplete list. If you think we're missing someone or erroneusly added someone, please use the contact form.

RT @BoringEnormous: RT @BoringEnormous: "yeah, we're seeing each other. don't make this weird, Denise" https://t.co/vLEZTWkveU

Carlos Zorrinho (EU) tweetou :

foi a fazer pontes em vez de muros que temos assegurado mais de seis décadas de paz e liberdade nos territórios em que temos o privilégio de viver. ionline.sapo.pt/artigo/772789/… ionline.sapo.pt/artigo/772789/…

Carlos Moedas (EU) retweetou @MEP_Ehler :

RT @MEP_Ehler: @ciencia_pt As always, interesting discussions with my friend @moedas in his 'new' role as major of Lisbon. Thank you for the hospitality! https://t.co/SBHCyQqeHa

Carlos Zorrinho (EU) tweetou :

Íntegro está Delegação do @Europarl_EN em missão a Lisboa news.cision.com/pt/parlamento-… @EP_Industry @PSnaEuropa

Carlos Zorrinho (EU) tweetou :

A partir de amanhã íntegro esta Delegação do Parlamento Europeu em missão a Lisboa news.cision.com/pt/parlamento-… via @cisionportugal

Carlos Zorrinho (EU) tweetou :

Na Embaixada de Portugal em Bruxelas participando na iniciativa Sabores de Valença em Bruxelas, promovida pela Câmara Municipal de Valença do Minho. ⁦@PSnaEuropa⁩ https://t.co/wuEFfaWuyv

RT @CamaraLisboa: Começou o 1.º Conselho de Cidadãos de #Lisboa. Durante 2 dias cerca de 50 cidadãos, com idades entre os 17 e os 82 anos, trabalham em conjunto para a elaboração de propostas concretas para a cidade, que ajudem a minorar o impacto das Alterações Climáticas, o tema desta edição. https://t.co/4RGbNTMd4Y

RT @CamaraLisboa: Já começou o Conselho de Cidadãos de #Lisboa. “Uma experiencia inédita em que os cidadãos estão a definir e co-construir o futuro da cidade connosco“. @Moedas https://t.co/I292DnnHZV

Passando pelo crivo dos accionistas e dos reguladores, Musk poderá terminar a operação antes do final do ano. O histórico do dono da Tesla e da SpaceX na rede social é conhecido, com fortes posições sobre a liberdade de expressão online.

Ninguém discorda desta abordagem, mas algum tipo de moderação tem de existir para evitar notícias falsas, o discurso do ódio ou o incitamento à violência.