Diz que não disse, escreveu e apagou

Francisco J. Viegas

This may be an incomplete list. If you think we're missing someone or erroneusly added someone, please use the contact form.

No “O Globo”, peça de Louise Queiroga sobre o censor salazarista que se encantou por 'Dona Flor e seus dois maridos', de Jorge Amado oglobo.globo.com/cultura/o-cens…

No “O Globo”, peça de Louise Queiroga sobre o censor salazarista que se encantou por 'Dona Flor e seus dois maridos', de Jorge Amado. m.oglobo.globo.com/cultura/o-cens…

My week on Twitter 🎉: 231 Mentions, 54.2K Mention Reach, 2.25K Likes, 417 Retweets, 131 Replies. See yours with sumall.com/performancetwe… https://t.co/swyuzUbbSL

O sr. coronel Rodrigo de Freitas assinala a marosca: «...por não se achar registada a autorização da versão portuguesa...» Ou seja, a Censura e a PIDE sabem que o editor português (Europa-América) tem um problema de copyright, direitos, registos, etc. Mas relevam, os malandros.

A 1ª edição de ’A Náusea’ de Sartre, é de 1956; este relatório autoriza a 3.ª (1965) : «...por ser uma obra destacada deste filósofo de nomeada universal, a qual embora anão seja um paradigma de ideias límpidas e sãs, também não é absolutamente inconveniente...» Mas há marosca... https://t.co/dlhHbibzrc

Exemplo de duas coisas inatacáveis: o Padre António em Sendim — e a Gisele Bünchen no Brasil. Que merda está o Brasil.

RT @fjviegas: “Estruturalmente” vai ser uma das palavras do ano. twitter.com/dntwit/status/…

Olha, afinal o Brahimi não vai para o Wolverhampton, nem para o coiso, nem para o Valencia, nem para o coiso. Isto é um golpe, de certeza. Adiante, um problema de cada vez.

RT @fjviegas: @cabreuamorim A Dra. Manuela está na dúvida entre ser do PSD, do PSD (R), do PSD (m-l), do PSD de P (m-l) ou do PSD (IV inter…

@memoriavirtual Eles foram acusados de que não deviam contratar o L Jardim